Desenvolva, desembaraçada, despachada… Este é um dos traços que mais chama à atenção. De personalidade marcada, alegria contagiante e com a resposta sempre na ponta da língua, Isabela Valadeiro levou-nos de braço dado até ao Pavilhão Carlos Lopes para assistir a alguns dos desfiles dos seus criadores nacionais preferidos. Entre piadas e risos nas passagens de peões e poses fogosas nas escadas rolantes que nos levam até à entrada no recinto, a atriz partilhou alguns segredos connosco:

 

Qual o papel da moda na tua vida?

Gosto muito de moda mas não sigo todas as tendências. Adoro acompanhar as Semanas de Moda Paris, Londres, Nova Iorque e Milão e ver as propostas das grandes marcas, dos criadores e da Alta-Costura. Mas também gosto de moda a um nível mais pessoal e gosto de me expressar através da roupa, sem dúvida.

 

Quais são os essenciais para sobreviver à ModaLisboa?

Sentir-me bem e bonita, claro!

 

O que é que trazes na tua fanny pack?

Telemóvel, carteira, chaves e óculos de sol.

 

Qual é a tua parte preferida da ModaLisboa?

Gosto muito de ver os jovens criadores nacionais, nomeadamente, do Sangue Novo e da plataforma LAB.

 

E quais são os desfiles que não podes perder?

Não queria perder nenhum desfile mas não consigo acompanhar a ModaLisboa de fio a pavio e aguentar o ritmo alucinado de trabalho de gravar uma novela. Assim, optei por ver o Ricardo Preto e a Alexandra Moura.

 

Qual é o teu ritual pós-ModaLisboa?

Ver no site da ModaLisboa todas as propostas dos criadores que não consegui ver no evento.

Como é que escolheste o look de hoje?

As semanas de moda não são galas nem cocktails, o que te dá liberdade para seres descontraído, clássico ou arrojado. Hoje apeteceu-me só ser descontraída! Apostei num vestido descontraído da Vans e dei o toque final com umas botas de verniz, de modo a elevá-lo.

 

Conforto ou estilo?

Os 2! O conforto deixa-me segura na minha pele e o estilo é a minha expressão individual e gosto de afirmá-lo.

 

Uma peça sem a qual não saibas viver?
Jeans! Jeans! Jeans ! Agora de cintura subida e de corte a direito!

 

O melhor roteiro de compras em Lisboa?

Entre a Almirante Reis e Baixa! Adoro fazer as minhas compras nestas zonas. Das lojas de fast fashion às poucas lojas tradicionais, passando pelo vintage, adoro misturar um pouco de tudo.

 

A última coisa que compraste?

Uns sapatos brancos.

 

O acessório que pode mudar um look num segundo?

Uns super brincos, um cabelo preso dentro dum casaco e somos outras!

 

O que usas a toda a hora?

Básicos, muitos básicos e brincos em forma de argolas.

 

O que todas as mulheres deviam usar sempre?

As mulheres são todas diferentes, o essencial é usarem o seu charme único e sensibilidade feminina e, caso haja disponibilidade para isso, um sorriso.

 

O que nunca usarias? 

Sapatos de cunha ou plataforma. Mas nunca digas este sapato não usarei!

 

O melhor conselho de estilo?

Os básicos são fantásticos.

 

E o melhor conselho de beleza?

Ser natural.

 

Nunca sais de casa sem…?

O meu perfume e umas argolas nas orelhas,  claro.