Powered by Brodheim

© © Grupo Brodheim. Todos os direitos reservados • Política de Privacidade

Bloggers Battle

Sou mãe, e agora?

25/06/2014

Preparada para esta tarefa?

Ser mãe é de facto a melhor coisa do mundo! Mas também traz muitas dúvidas e receios… Será que vamos conseguir conciliar tudo? Será que vamos ser boas mães?

Numa fase em que estamos física e psicologicamente debilitadas (apesar de ser o melhor momento das nossas vidas) a realidade é que nem todas lidamos bem com a maternidade.

E, claro, nunca devemos esquecer do nosso lado enquanto mulheres - é importante cuidar do nosso visual, da nossa imagem e do nosso corpo (até para levantar o ego). Escrito parece fácil, mas início lembro-me de pensar que isso é tudo um pouco secundário.

É uma tarefa extenuante, preparem-se porque serão muitas horas sem dormir, muita roupa bolsada, muitas fraldas para mudar e algumas horas de choro sem saber o que fazer mas… no final, tudo compensa!

Enquanto mãe, sugiro que aproveitem bem as alturas em que o bebé dorme e durmam também, são momentos preciosos que irão dar-vos a energia e o descanso necessário para as restantes tarefas do dia (confesso que poucas vezes o fiz e senti muito a falta, ainda sinto).

Os banhos serão a coisa mais rápida da vossa vida! A melhor altura para disfrutar de um banho calmamente será à noite depois de deitar o bebé, ou até mesmo de manhã enquanto o pai ainda está por casa… Durante o dia não será fácil.

Nos primeiros tempos as vossas refeições não serão muito elaboradas - não haverá tempo para isso. A minha sugestão é: durante a gravidez congelem algumas refeições, para poderem depois comer alguma coisa saudável sem perderem muito tempo a preparar, ou peçam ajuda à vossa mãe/sogra/irmã/amigas. Aliás, será muito importante ter alguém que vos possa ajudar: não necessariamente alguém que passe o dia em vossa casa e que sintam que tenham que fazer “sala”, mas sim alguém em quem confiem e que possa tratar da roupa, dar um jeito na casa, cozinhar ou até tomar conta do bebé enquanto dormem uma sesta. Não tenham receio de pedir isso, é uma fase em que precisamos também de muito mimo e colo.

Para finalizar: nunca esquecer que é fundamental ter algum tempo para nós. É o que me faz sentir normal e aguentar psicologicamente o facto de, de repente, ter deixado a minha vida em suspenso para tratar da vida do Afonso. Deixem, de vez em quando, a vossa cria com o pai e marquem uma ida ao cabeleireiro, vão às compras, bebam um café com as amigas… Será um bom escape para fugir à rotina que se instalou nos primeiros tempos da vossa vida com o bebé, e trará consequências positivas nessa mesma rotina ("cabeça arejada").

Depois os dias vão passando, as dúvidas vão dando lugar a outras mas, a cada dia, vamo-nos sentindo mais seguras e preparadas para a melhor tarefa da nossa vida: ser Mãe!

 

Magda Soares

Ser mãe, mas sem deixar cair a coroa

Ser mãe é definitivamente uma das melhores coisas do mundo!

Para mim foi... É um amor tão grande que nos assola de repente, nos rouba todo o tempo do mundo, e que na maioria das vezes nos leva a cair na tentação de nos esquecermos de nós mulheres.

Um "agora vou tirar tempo para mim!" é algo que nós recém-mamas temos que assumir. Se estivermos bem connosco garantidamente vamos estar mais bem dispostas para os nossos bebês, e para a vida!

As minhas dicas são:

- Assim que for possível, uma ida ao cabeleireiro é essencial. Se não tivermos feito "o corte" de cabelo na gravidez é a altura ideal bem como para fazer "a cor". Mesmo quem amamenta, pode fazer coloração, pois já existem no mercado tintas próprias, sem grau de toxicidade.

- Manicure e pedicure sempre em ordem! Já existem locais em que este serviço pode ser feito ao domicílio, por isso já não há a desculpa de nos afastarmos do nosso bebê.

- A barriga que ainda fica no pós- parto só vai mesmo ao lugar com ginástica! Claro que devemos ter uma alimentação equilibrada, regrada e de 3h em 3h horas mas sem os fabulosos abdominais...esqueçam! A não ser que tenham uma genética estupenda.

- Nunca nos podemos esquecer dos cremes anti-estrias (mesmo durante o tempo de gravidez), dos anti-celuliticos e dos cremes hidratantes. Para quem amamenta existem cremes que não entram na circulação sanguínea e como tal não fazem mal ao bebê. Estes devem ser aplicados a seguir ao banho e após uma boa esfoliação corporal, para uma melhor eficácia dos produtos. É um ritual que demora 5 minutos, no máximo e podemos ter o nosso bebê na espreguiçadeira a olhar para nós!

- Dica de ouro: beber muita água!!! É fundamental para uma pela hidratada, tonificada e brilhante. Para além disso é essencial para vencermos o cansaço dos primeiros tempos de maternidade.


Sermos mães é, mesmo cansadas, nunca deixarmos cair a coroa!

 

Mafalda Antunes