Modernovisionário e independente – eram estes adjetivos que descreviam na perfeição do designer tunisino, que morreu esta semana. Azzedine trabalhava cada peça meticulosamente, com a ajuda de experientes artesãos. Tinha um talento inato para perceber as formas femininas e o seu corte era exímio. Era ainda considerado umindependente da moda, pois muitos dos desfiles aconteciam quando achava apropriado e não no calendário designado para tal. Nunca se deixou contagiar pelo sistema de moda vigente e tentava fazer o seu próprio sistema.

Considerado o “pai” de Naomi Campbell, Azzedine Alaïa descobriu a modelo aos 16 anos e a forte amizade manteve-se nos 30 anos seguintes.

Relembre alguns dos melhores momentos de Azzedine Alaïa na nossa galeria!