Foi numa das Avenidas mais agradáveis e imponentes de Lisboa que aproveitámos um fabuloso final de tarde à conversa com o actor Diogo Amaral. Mais que um excelente profissional, um homem bem disposto, com um sorriso contagiante e uma paixão enorme – pela família e pela vida!

Foi nos Morangos com Açúcar que a sua carreira descolou… Já mais de 10 anos se passaram, que recordações guarda desses tempos de principiante? Como vê, hoje, a sua profissão?

Acho que ninguém esperava que os Morangos corressem tão bem… Felizmente, desde então nunca mais deixei de trabalhar naquilo que gosto. Sou um verdadeiro privilegiado por isso, principalmente tendo em conta que Portugal é um país tão pequeno e que eu tenho conseguido trabalhar sempre e em projectos tão variados (algo que me agrada bastante).

Mas, apesar de sermos pequenos, somos um país incrível, com produções incríveis que competem ao lado de produções de países muito maiores. Este ano a novela Belmonte esteve nomeada nos Emmy’s e foi incrível sentir que estávamos nomeados ao lado do Brasil e sentir que somos considerados os “segundos” no que toca a qualidade de telenovelas.

Outra grande mudança na sua vida é bem mais recente: o pequeno Mateus, que já tem 9 meses e é o seu primeiro filho. Como está a ser este novo “papel” da sua vida?

Este, espero, vai ser o melhor e maior papel da minha vida. Está a correr tudo muito bem, felizmente! Foi uma grande aventura, pois a Vera estava grávida quando começámos esta novela, mas felizmente a TVI e Plural foram incansáveis.

O Mateus é o bebé mais bonito do mundo e, felizmente, corre-nos tudo muito bem! Sinto que aproveitamos bem a vida.

Por falar nisso, sabemos que – juntamente com a Vera – é grande fã de viagens e que, quando esta entrevista sair, estará nos USA na sua primeira grande viagem em família. Quer partilhar com os leitores que cuidados tem a planear viagens, mais ou menos longas, com crianças?

Nós gostamos de viajar de forma simples. Queremos mesmo viajar, conhecer e não fazer vida de hotel. Neste caso, vamos de auto-caravana pelos EUA e uma das razões pelas quais escolhemos este país é porque se precisarmos de algo, como um hospital, é relativamente mais fácil.

As últimas viagens que fizemos foi no Sudeste Asiático e por África e, hoje em dia, issso seria completamente kamikaze.

O Diogo é um claro amante das redes sociais, tem aqui outra paixão ou considera-as como um “osso do ofício”?

Eu sou mais um adepto da fotografia que das redes sociais em si. Mas acho interessantíssimo como as redes nos aproximam do público. Sou eu que faço a gestão das redes e adoro responder a perguntas e curiosidades dos fãs.

Para finalizar, que cuidados tem com a sua aparência; e que cuidados acha que os homens não podem mesmo abdicar?

Não sou exactamente a pessoa com mais cuidados… Agora acabei de gravar a novela e fui cortar o cabelo. A senhora perguntou-se o que queria, apenas disse que não queria ter que lhe fazer nada de manhã! (risos) Fora isso, coloco hidratante de manhã (principalmente em altura de gravações, por causa da maquilhagem); tenho muito cuidado com a alimentação, acho o desporto fudamental e não vivo sem vitamina D (sol!!!).

 

Siga o actor no Facebook e no Instagram.

Fotografia: Dário Branco.