Esperámos algum tempo até conseguir "apanhar"  Diana Bouça-Nova por Lisboa. Valeu a espera!

Simpática e elegante, conversadora e muito acessível, aproveitámos um final de manhã no miradouro do Adamastor para conversar com a apresentadora e jornalista sobre as novas fases da vida, profissional e pessoal, e sobre a sua vida no Porto (depois de alguns anos em Lisboa).

Deixe-se levar pela conversa que – como já é habitual – não fica por aqui!

 

Anunciou há poucos dias uma grande novidade… Bebé a caminho. Como se sente?

Sinto-me muito feliz, como é natural. Acho que é um momento muito importante nas nossas vidas e que só desejamos que corra tudo pelo melhor!

Há alguma "previsão" para o sexo? Tem algum pressentimento?

Ainda não sei nada… Tenho consulta em Junho, pode ser que já dê para ver. Não, a ver vamos! 

Mudando um pouco de tema, o seu casamento foi muito falado e disse, há pouco tempo, que adora casamentos. Conte-nos tudo!!

Adoro mesmo! Acho que é um dia muito feliz, em que temos a sorte e o privilégio de estarmos com que mais amamos na nossa vida. É difícil juntar todos num só dia. Celebra-se o amor, estamos com a família e os amigos. Não há melhor! Se pudesse, casava-me todos os anos! [risos]

E o que gosta de vestir, ou que dicas tem para as nossas leitoras que nunca sabem o que usar?

Gosto, acima de tudo, de me sentir confortável. Sou muito prática, não complico nada na hora de me arranjar. Gosto de jeans, básicos brancos e pretos que tenho imensos… e às vezes, uma blusa, um casaco (adoro casacos) ou um blazer fazem logo toda a diferença. Regra geral, no dia-a-dia, ando de rasos, ténis, botas baixas mas também gosto de me arranjar para um jantar ou uma festa com saltos e vestidos. Adoro vestidos! 

Dicas… Seria mesmo isso  -andarem com o que as faz sentir mais felizes. As tendências vão e vêm e devemos ter sempre atenção que nem tudo nos fica bem. É bom irmos conhecendo o nosso corpo e as nossas "limitações"! 

Começou a sua carreira no Curto Circuito, com tarde em directo, e agora integra a equipa RTP, como repórter. O que mais lhe deixa saudades dos tempos do CC e o que mais gosta actualmente?

Sim, já foi há tanto tempo e ao mesmo tempo parece que foi ontem. Eu sou jornalista, andei pelo entretenimento uns anos mas quis voltar ao jornalismo e, por isso, estou muito feliz com o que faço agora.

É muito bom poder contar as histórias de vida dos outros, fazer coisas diferentes todos os dias… Acho que é mesmo um privilégio fazer-se o que se gosta nos dias de hoje. 

Há muita coisa que ainda quero fazer na minha vida mas com calma e aprendendo chega-se lá! 

 

 

Fique ligado, pois ainda temos mais para lhe contar, juntamente com a Diana. Até lá, siga as novidades pelo Instagram e Twitter da jornalista. 

Fotografia: Dário Branco.