Antes de mais, nada como esclarecer que “cada caso é um caso” e que, se sente necessidades de uma melhor alimentação ou tem problemas com peso (a mais ou a menos) o melhor caminho será sempre a ajuda profissional e especializada.

Mas, de uma forma geral, parece que os hidratos de carbono são uma boa ideia se pretende estabilizar o seu peso.

Porquê? Por serem uma fonte rápida de energia (que apenas se transforma em gordura se não utilizarmos essa energia) e, quando consumidos, ainda que numa quantidade reduzida, ao jantar vão saciar-nos, ajudar a manter a massa muscular, e a repor as reservas de energia e, assim, a preparar o nosso corpo para o dia seguinte. Apenas deve controlar a quantidade para que esta não seja superior às suas necessidades, assim como escolher os hidratos com menos carga glicémica.

Deixamos alguns truques e sugestões:

Se gosta de um pouco de arroz ou massa ao jantar, ou uma fatia de pão, descanse – não é isto que a vai fazer engordar.

Deve optar pelos integrais: arroz integral, quinoa ou inhame (e também o pão). Fazem melhor digestão.

A melhor maneira de consumir hidratos é acompanhando com proteína magra (peixe, ovos, peru), assim como de vegetais. Um prato equilibrado, portanto.

– Se não pratica desporto (a tal transformação dos hidratos em energia em vez de gordura), deve mesmo ter em atenção a quantidade de hidratos que ingere.