Está na altura de dizer adeus à carteiras que nos obrigam a carregar apenas os essenciais – são tão pequenas que só conseguimos colocar lá dentro um cartão de crédito, as chaves de casa e, com sorte, o telemóvel.

De micro a macro, as carteiras cresceram e atingiram o estatuto XXL. De regresso ao topo das tendências, as carteiras querem-se grandes e espaçosas – perfeitas para carregar este mundo e o outro.