A Alfândega do Porto abriu novamente as portas para receber a 43ª edição do Portugal Fashion. Entre os dias 18 e 20 de outubro, a Invicta presenciou mais de 30 desfiles da coleção primavera/verão 2019 assinadas, não só por importantes nomes da moda nacional, mas também por jovens criadores que iniciam agora o seu percurso. Carlos Gil, Marques Almeida, Alves/Gonçalves, Nuno Baltazar, Katty Xiomara, são alguns dos conhecidos nomes que partilharam as suas criações com os milhares de convidados presentes.

Um dos momentos altos desta edição foi a participação da dupla Marques’Almeida no evento, depois da sua coleção ter sido desfilada na passerelle da Semana de Moda de Paris. A marca, que prima pela irreverência e descontração, para além de ter criado uma coleção para a loja inglesa Topshop, também veste celebridades e ícones da moda como Rihanna, FKA Twigs, Beyoncé, Solange ou Sarah Jessica Parker. A dupla criativa e casal apresentou uma linha com inspiração em padrões, formas e materiais portugueses.

Também Carlos Gil se destacou nesta edição, apresentando a sua coleção que intitulou de “Aquarella”. Optou por tons coloridos e vivos, por tecidos com muito brilho, fluídos e com franjas que criam uma ideia de movimento – uma coleção divertida e dinâmica, com recurso a diferentes técnicas e tecidos.

Outro dos nomes que se seguiu foi Nuno Baltazar, com uma coleção que o próprio intitula de “Intervenção”. O designer teve como inspiração o Brasil e em especial a ditadura que o país viveu entre 1964 e 1985. O desfile das suas criações foi apresentado num crescendo, começando por tons pastel, bege e caqui, com um toque militar, e finalizando com peças de cores vivas como o vermelho.

Também a marca Pé de Chumbo surpreendeu ao levar uma coleção inspirada no desenho das tradicionais palhinhas usadas no mobiliário português e na cestaria. As cores predominantes foram o preto, o dourado, o vermelho e o branco, estampadas em diferentes tecidos como a seda, o algodão e a rafia. É uma coleção com muita vida, brilho e requinte, com influência, uma vez mais, no traje tradicional do Minho.

Por fim, já a fechar o último dia de desfile, a dupla Alves/Gonçalves apresentou uma coleção divertida, arrojada e moderna, com diferentes tecidos e acabamentos brilhantes e metalizados. A fluidez e textura dos materiais deram personalidade e movimento às peças.

Foi esta irreverência, originalidade e variedade de cores e materiais que marcou a 43ª edição do Portugal Fashion e dita as tendências para a coleção primavera/verão 2019.