O mais clássico dos batons. Consta que a sua existência data da época do Egito Antigo – e usá-lo era sinal de poder.

Antes de ser descoberto o pigmento extraído do besouro carmim, que é usado até hoje, ingredientes venenosos levavam as adeptas desta cor de batom a arriscarem a vida em troca de lábios encarnados.

Diz também a história que a primeira, e mais famosa, manifestação com uso de batons vermelhos, aconteceu no início do século 20, com as mulheres do movimento Sufragista: as mulheres lutavam pelo direito de votar pelas ruas, todas com batom vermelho como símbolo. Desde aí, esta cor de batom ganhou um "status" do poder feminino.

Mesmo em tempos difíceis, como o pós Segunda Guerra Mundial, as mulheres não abandonaram os seus batons vermelhos. De acordo com registros da época, no final dos anos 40, mais de 90% das mulheres americanas eram adeptas deste cosmético. Com a ascensão das grandes divas de Hollywood, como Ava Gardner, Rita Hayworth, Bette Davis, Lauren Bacall, Elizabeth Taylor e Marilyn Monroe, no final dos anos 50, este número subiu para 98%. 98%!

Mesmo com a chegada de novas cores, o batom vermelho sempre esteve presente na nécessaire das mulheres nas décadas seguintes. É um clássico!

Reunimos três dos mais clássicos (e best sellers):

1. PIRATE – Rouge Allure Intense, Chanel.

2. RUSSIAN RED – MAC.

3. ICONIC 999 – Dior.