Conhecemos a Laís Reis na última edição da Moda Lisboa. Mais concretamente, no desfile do João Magalhães, que se juntou à Vans e levou o ADN da marca para o centro da passerelle. Laís desfilou com as propostas do designer para esta estação e fez as suas manobras no skate vestida com a marca Vans. Para Laís, o skate é uma forma de arte, de expressão e um estilo de vida. Saímos deste encontro com uma certeza: esta paixão é para durar.

O BE TREND esteve com a skater no seu habitat naturalum skate park, claro! – e entre a sua boa disposição e manobras no skate, ficámos a saber mais sobre a sua relação com o skate e a importância de marcas como a Vans promoverem a inclusão deste desporto.

O skate é um desporto habitualmente praticado por homens. Como é que foste recebida quando começaste a praticar?

Comecei a andar de skate com uns amigos, todos homens em minha cidade. Fui muito bem recebida, eles adoravam o fato de ir andar de skate com eles.

Achas que marcas como a Vans são cruciais para potenciar a inclusão social?

Acho que sim, uma marca como a vans que investe em skaters mulheres, como a aposta nos modelos pro skate, por exemplo, tem muito mais visibilidade no mercado. E fazem um trabalho incrível de inclusão, quando começam a colocar mulheres em suas linhas principais. 

O que é o skate para ti? Explica-nos essa paixão.

O skate começou como um ato de rebeldia, hoje em dia o skate é mais que uma paixão, mas sim um estilo de vida. Os primeiros vídeos que vejo logo quando acordo e quando vou me deitar são de skate, através dessa modalidade linda, conheci pessoas incríveis, lugares incríveis. Só tenho que agradecer o skate por tudo que ele me proporcionou e proporciona até hoje. Tenho um projeto de skate feminino em Portugal, onde o maior objetivo é dar de volta ao skate aquilo que ele trouxe para mim! 

Sabemos que não largas o skate. A Vans também faz parte do teu dia a dia?

Tenho algumas peças que amo usar! Os ténis (os clássicos Old Skool) e minha funny pack (com o checkboard característico Vans) são as minhas peças preferidas.

Qual é a peça Vans sem a qual não consegues viver?

A minha Funny Pack, porque a comprei na minha primeira viagem para a Califórnia, e tenho muitas histórias com ela!

Para ti, quais são os melhores locais para praticar skate em Portugal?

Atualmente, tenho andado de skate mais pelo norte do país, especialmente em Ponte de Lima, onde há uma skate Bowl feito pelos próprios skaters, sem dúvida um dos melhores lugares para skatar!

Sabemos que és professora de skate, já fizeste publicidade e até já desfilaste. E agora? O que é que tens programado para o futuro?

Bom, eu tenho o meu projeto de skate para meninas, onde quero incentivar ainda mais mulheres a praticarem o skate, independente da idade. Aos poucos o meu projeto está ficando maior, e para quem quer conhecer temos um instagram onde todas as novidades sobre o skate feminino em Portugal estão lá a @herwheels351

Clique nas imagens em baixo e encontre as peças VANS usadas pela Laís:

Artigo publicado a 09.10.2019